photo

mostnotedposts:

OMG! 

mostnotedposts:

OMG! 

(Source: somosinfonia)

photo

mochacafe:

via Most NOTED Posts
photo

Onde estão seus amigos?
Dias difíceis sempre voltam. Sempre nos pegam no meio da ascensão e nos fazem lembrar da violência da força da gravidade. Nesses momentos, nada mais justo do que ir atrás dos amigos em busca de apoio.
As situações se repetem e nós já nos pegamos, diversas vezes, precisando de ajuda. Então, de repente, olhamos para os lados e estamos sozinhos. É nesse momento que nos vemos reclamando, sem saber em que direção seguir, já que não conseguiremos chorar as pitangas em nenhum ombro pré-definido.
É interessante notar como temos o hábito de agir baseados em pura politicagem e dar a isso o nome de amizade. Temos a mania de esperar que alguém faça algo por nós e de adicionar boas doses de culpa e amargura quando essas expectativas são quebradas. Ou seja, como volta e meia nos tolhemos pensando “ele é meu amigo, não vou fazer isso”, ficamos extremamente contrariados quando a recíproca não é verdadeira.
O que chamamos de amizade nada mais é do que um conjunto de expectativas mais ou menos definidas. Amigo é aquele que se move dentro desse cercadinho sem reclamar qualquer liberdade além dos limites. Por isso, relações de amizade vão se dissolvendo uma a uma com o decorrer dos anos. Este fenômeno ocorre pelo simples fato de que ninguém tem a obrigação de viver em função dos nossos caprichos e desejos. Os amigos, principalmente, têm a obrigação de não fazê-lo.
“Você não tem amigos” quer dizer, na realidade, que não há verdadeira amizade naquela base romantizada à qual estamos acostumados a encarar certas coisas. Ninguém deve algo a você. Ninguém tem a obrigação de salvá-lo ou consolá-lo. É até errado achar que alguém vai defendê-lo incondicionalmente, em qualquer circunstância. Agir no mundo o tempo inteiro, como se a salvação viesse de maneira inevitável, é preparar-se com carinho para o momento em que a vida virá fodê-lo bem gostoso.
Essa lógica da amizade nos infere que, se formos meninos bonzinhos e agirmos de acordo com os desejos de todos, teremos muitos amigos com quem contar.
Lógica, no meu dicionário, é algo que costuma falhar quando menos esperamos.
Luciano Ribeiro

Onde estão seus amigos?

Dias difíceis sempre voltam. Sempre nos pegam no meio da ascensão e nos fazem lembrar da violência da força da gravidade. Nesses momentos, nada mais justo do que ir atrás dos amigos em busca de apoio.

As situações se repetem e nós já nos pegamos, diversas vezes, precisando de ajuda. Então, de repente, olhamos para os lados e estamos sozinhos. É nesse momento que nos vemos reclamando, sem saber em que direção seguir, já que não conseguiremos chorar as pitangas em nenhum ombro pré-definido.

É interessante notar como temos o hábito de agir baseados em pura politicagem e dar a isso o nome de amizade. Temos a mania de esperar que alguém faça algo por nós e de adicionar boas doses de culpa e amargura quando essas expectativas são quebradas. Ou seja, como volta e meia nos tolhemos pensando “ele é meu amigo, não vou fazer isso”, ficamos extremamente contrariados quando a recíproca não é verdadeira.

O que chamamos de amizade nada mais é do que um conjunto de expectativas mais ou menos definidas. Amigo é aquele que se move dentro desse cercadinho sem reclamar qualquer liberdade além dos limites. Por isso, relações de amizade vão se dissolvendo uma a uma com o decorrer dos anos. Este fenômeno ocorre pelo simples fato de que ninguém tem a obrigação de viver em função dos nossos caprichos e desejos. Os amigos, principalmente, têm a obrigação de não fazê-lo.

“Você não tem amigos” quer dizer, na realidade, que não há verdadeira amizade naquela base romantizada à qual estamos acostumados a encarar certas coisas. Ninguém deve algo a você. Ninguém tem a obrigação de salvá-lo ou consolá-lo. É até errado achar que alguém vai defendê-lo incondicionalmente, em qualquer circunstância. Agir no mundo o tempo inteiro, como se a salvação viesse de maneira inevitável, é preparar-se com carinho para o momento em que a vida virá fodê-lo bem gostoso.

Essa lógica da amizade nos infere que, se formos meninos bonzinhos e agirmos de acordo com os desejos de todos, teremos muitos amigos com quem contar.

Lógica, no meu dicionário, é algo que costuma falhar quando menos esperamos.

Luciano Ribeiro

photo

photo

Até que a morte os separe…

Até que a morte os separe…

photo

Yesterday, today, tomorrowFade away like frozen photographs ♪

Yesterday, today, tomorrow
Fade away like frozen photographs 

(via demenina)

Ah, o Twitter.

masenfim:

Está quente.
Está frio.
Odeio segunda.
Adoro fim-de-semana.
Que nostalgia.
Estou me sentindo bipolar.
Adoro café.
Que fome.
Que sono.
Que tédio.
Não aguento mais.
Quero sair.
Quero beber.
Vontade de chorar.
A aula está chata.
O tempo não passa.
Letra de música.
Frase de escritor pós-modernista.
Indireta.

Fim.

photo


I’m fine, I’m just not happy. 


Exatamente.

I’m fine, I’m just not happy. 

Exatamente.

(via masenfim)

Horizonte distante

masenfim:

Por onde vou guiar o olhar que não enxerga mais? Dá-me luz, ó Deus do tempo, nesse momento menor, pra eu saber seu redor.

A gente quer ver - horizonte distante.

(Marcelo Camelo)

photo